Compartilhe

Boas práticas culturais são reconhecidas durante Fórum de Gestores Municipais de Cultura

Publicado em 13/05/2019 às 09:26 - Atualizado em 13/05/2019 às 13:58

Três municípios e um Colegiado Regional de Cultura receberam, na noite de 9 de maio, o Prêmio de Boas Práticas em Gestão Cultural. O prêmio reforça iniciativas e ações que tenham siudo bem-sucedidas e de caráter exemplar. A premiação aconteceu durante evento que integrou a programação do IX Fórum de Gestores Municipais de Cultura.

A noite foi aberta pelo presidente do Conselho Estadual dos Gestores Municipais de Cultura de Santa Catarina (Congesc), Jaime Batista, e pelo diretor executivo da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Rui Braun. O diretor exaltou a importância do trabalho dos gestores de cultura e agradeceu ao que vem sendo feito por eles na gestão cultural de Santa Catarina. “Estou aqui porque a Fecam precisa dizer para vocês que é um grande prêmio ter vocês todos trabalhando pela cultura no estado. Valorizem-se e sintam-se sal e tempero nesse tempo político”, disse.

Na categoria, município com até 5 mil habitantes, o município vencedor foi Botuverá, da região da AMMVI, com o case “O Futuro nos cobrará nossas omissões do passado”. O prefeito José Luiz Colombi recebeu o prêmio e agradecendo a todos e registrou a importância de se cultivar cultura e tradição. “Agora nossos filhos, nossos netos, vão enxergar o que estamos fazendo hoje”, frisou.

Já na categoria entre 5 e 20 mil habitantes, o case premiado foi “A importância do Programa de Salvaguarda do Patrimônio Bombinense”, do município de Bombinhas, da região da Associação dos Municípios da Foz do Rio Itajaí (Amfri). “O Programa de Salvaguarda do patrimônio é muito importante dentro do nosso município e de nossa realidade” reforçou a presidente interina da Fundação de Cultura de Bombinhas, Tabata Torres.

Acima de 20 mil habitantes o case escolhido foi o do município de Gaspar, também da região da AMMVI, com o projeto “Organizar e Estruturar: um Governo com foco na Gestão Cultural”. A secretária de Educação do município, pasta que abriga a diretoria de cultura, Zilda Mônica Sanção Benevenutti, ressaltou a importância de momentos como esses. “A cultura marca nossa existência, nossa história, ela tem que ser cultivada, lembrada, tornar-se presente e marcar nossa vida. Nossa cultura estava esquecida, sem lugar. Nós merecemos que nossa história seja vivida, escrita e cultivada”, disse ela.

E na categoria Colegiado Regional, o vencedor foi o colegiado da região da Associação de Municípios da Região da Grande Florianópolis (Granfpolis), com o case “O Planejamento como ferramenta de associativismo na Gestão Cultural”. O presidente do Colegiado de Políticas Culturais da Granfpolis, Jerry Adriani Laurindo, falou sobre a honra de ser premiado, sendo um colegiado com apenas dois anos de existência. “Para nós do colegiado é uma inspiração. Em 2017 conseguimos nos juntar, fizemos esse planejamento e estamos aqui, em dois anos estamos sediando o Fórum e levando esse prêmio para casa”, falou.

Assessoria de imprensa da Fecam.

A avaliação foi realizada por uma comissão especial que analisou como critérios a clareza e descrição da ação realizada, qualidade técnica e metodológica da ação, potencial de reverberação da ação como modelo de gestão cultural e a disponibilização dos resultados da ação para os grupos do bem cultural imaterial

As ações premiadas foram apresentadas na Plenária do Fórum, na manhã de sexta-feira (10), com a participação dos prefeitos de Botuverá, José Luiz Colombi, e do prefeito de Gaspar, Kleber Edson Wan-Dall.

 Confira mais fotos no Flickr da FECAM.


Rua Alberto Stein, 466, Bairro Velha, Blumenau - SC
CEP: 89036-200